Olá visitante, faça já seu  login     Cadastre-se  
   A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V X Y W Z 0-9 Buscar:
Ajude-nos a melhorar o canal de música, envie já suas opiniões e sugestões !
Toquinho
0 fã(s)
0 comentário(s)
Tornar favorito
Você esta em: Home » Música » Toquinho » Biografia
Biografia de Toquinho
Um velho calção de banho/o dia para vadiar/um mar que não tem tamanho/e um arco-íris no ar. A música Tarde em Itapoã era para ser musicada por Dorival Caymmi. Vinícius de Moraes, autor da letra, só foi convencido a entregá-la a Toquinho depois que sua mulher, Gesse, insistiu com o poeta. Antônio Pecci Filho, ou Toquinho, trabalhou por dois meses em cima da música até devolvê-la. A canção conquistou Vinícius e o público brasileiro em 1971 como a música de abertura do disco Como Dizia o Poeta... Música Nova. Ah! Vale dizer que a praia de Itapoã, em Salvador, não tem nada a ver com a letra.

Nascido em São Paulo, Toquinho começou a tocar violão com Paulinho Nogueira, também compositor. Conheceu Chico Buarque no início de sua carreira e em 1963 dividiu com ele a autoria de Lua Cheia. No ano seguinte estava tocando violão no Teatro Paramount e gravando seu primeiro compacto, Primavera. Seu aprendizado ainda estava em processo de amadurecimento e além de estudar harmonia com Oscar Castro-Neves dividia o palco em algumas ocasiões com outro grande músico, Baden Powell. Acompanhou cantoras como Nara Leão e Alaíde Costa.

Vinícius e a parceria de vinte discos
A estréia como cantor aconteceu em 1967, na TV Excelsior, já com um disco gravado: O Violão de Toquinho. Com o amigo Chico, se apresentou fora do país e ganhou notoriedade com uma parceria com Jorge Benjor em Que Maravilha. Seria no final da década de 60 que sua ligação com Vinicius começaria, com a música Como Dizia o Poeta. Foram 20 discos juntos, até a morte do poeta em 1980. Do repertório da parceria destacam-se Regra Três e Testamento, além dos dois últimos discos da dupla, A Arca de Noé 1 e 2.

Toquinho continuou com as parcerias nos anos 80, agora ao lado de Francis Hime e Elifas Andreato, produzindo discos como Aquarela, Sonho Dourado e Canção de Todas as Crianças. Seguiu na década de 90 com discos como O Viajante do Sonho e o comemorativo Trinta Anos de Música, explorando o mercado espanhol e italiano. No final da década, encontrou dois novos parceiros de álbuns e shows: seu antigo professor de violão Paulinho Nogueira (o instrumental Sempre Amigos) e Paulinho da Viola (Sinal Aberto, em que compuseram a primeira música juntos, Caso Encerrado).

Vale lembrar que Toquinho, além de ser o parceiro preferido de dez entre dez estrelas, é também um ótimo instrumentista e arranjador. Como o próprio diz em seu site: O grande desafio do compositor é fugir de sua própria sombra. O passado vai ficando grande, às vezes maior do que a gente mesmo. Pela própria necessidade inerente ao artista, Toquinho continua gravando e se apresentando pelo Brasil, confiante de que seu passado não será a única grande lembrança do público.
Site Oficial: http://www.toquinho.com.br/



BastaClicar 2000 - 2009 - Todos os direitos reservados - Fale conosco - Anuncie aqui